Categoria Diário da Família

Dentista e consulta a distância!

Você já viu ou ouviu falar de  consulta a distância com o dentista/ortodontista? Pois eu também nem sabia que isso seria possível. Até a tarde de hoje. Dr Renato, que cuida do meu sorriso, me ligou do FaceTime para ver como estava meu tratamento. Vale lembrar que ele começou no Brasil cerca de um mês antes da nossa mudança. E sabe que deu certo? Dentista a distância pode funcionar (às

Continue lendo…

As filhas peludas chegaram!

Foram sete dias separados até que, finalmente, nossas filhas peludas chegaram na nova casa! Záira (nossa labrador de sete anos) e Mauí (nossa maltês de 13 anos) não embarcaram com toda a família de cara porque a cia aérea que escolhemos não aceitava animais (quando descobrimos isso já havíamos pago as passagens). Mas na primeira oportunidade (aquele trabalho que fui fazer no Brasil e que citei no post anterior, lembra?) eu

Continue lendo…

Falta da família: problema maior!

A falta que a familia faz é o maior problema de quem  mora fora. Já contei aqui que semana passada fui ao Brasil trabalhar. Foi um bate-volta. Três dias. Duas noites. Uma delas está entre as mais difíceis da minha vida. Foi a noite que minha avó materna faleceu. Por coincidência eu estava no Brasil. Pude estar com minha família nesse momento triste. Por azar, trabalhei o dia todo e,

Continue lendo…

Adaptação na nova escola

Ao pensar na mudança nada me preocupava mais com relação as meninas do que a adaptação na nova escola. Desde que decidimos morar aqui esse tema era um pesadelo pra mim. E continua sendo. Sei que elas vão se acostumar ao novo ambiente, as professoras, vão fazer amigos e aprender a falar inglês mas, até lá…não vai ser fácil. O começo, aliás, foi bem desanimador. E, uma semana depois, ainda

Continue lendo…

Mudança nas férias

Não foi sem querer. Ao contrário: foi planejadíssimo! Quisemos fazer a mudança nas férias das crianças. Primeiro para que elas não tivessem o choque de chegar na nova casa e na nova escola ao mesmo tempo. Segundo porque achamos que seria legal se elas pudessem curtir um pouco a nova cidade antes de ter compromissos com horários, lições de casa. E terceiro porque nem nos tocamos de que mudança com

Continue lendo…

O dia da mudança!

  Demorou, mas o dia da mudança chegou! Nos organizamos para essa hora há uns seis meses. Primeiro psicologicamente, até tomar a decisão. Depois praticamente, ao reunir milhares de documentos e, por fim, sentimentalmente (se é que vocês entendem) quando nos preparamos para as tristes despedidas. Nenhum desses momentos foi fácil, mas todos nos estavam preparando para o dia 29 de junho. E o grande dia chegou: o dia da mudança!

Continue lendo…

Divertida mente!

Nada melhor do que um cineminha e muita pipoca para curtir um dia frio, certo? Pois bem, dia desses os termômetros marcavam 12 graus aqui em SP, chuviscava e não havia nada de bom pra fazer com a Nina e a Maitê em casa (sem móveis, lembra?). Pronto! Tive a ótima ideia de levar Nina e Maitê para assistir Divertida Mente, o novo filme da Disney, que já virou febre

Continue lendo…

Cartinha de despedida

Uma imagem bonita e uma mensagem positiva. Assim é a cartinha de despedida que a Nina e a Maitê vão entregar para os amigos no último dia de aula, quinta-feira, 25 (aniversário da Nina, coincidentemente). Não aparece na imagem, por motivos óbvios, mas embaixo coloquei nossos telefones, endereço, nome no skype. Tudo para que os amigos não percam contato com minhas pequenas, não deixem de ligar, de aparecer, de trocar.

Continue lendo…

Os amigos de verdade são pra sempre!

  Essa semana eu disse para minhas filhas aquela famosa frase que diz que os amigos de verdade são pra sempre. E, cada dia mais, elas vêem que a mamãe tem razão. Um chaveiro de sereia. Foi isso que o João, amigo da escola, deu pra Nina na hora da despedida. Simples, baratinho, fofo. Mas, na verdade, o presente está carregado de tanto significado que choro só de descrever. Aos

Continue lendo…

Educação infantil no novo país!

Minhas filhas estudam na mesma escola em que eu estudei quando criança. Amo o ambiente. Amo método de ensino. Amo a estrutura. Quando chego lá parece que volto no tempo, me sinto em casa. Por isso mesmo a educação infantil é um assunto muito importante pra mim. Como escolher a escola, no novo país, talvez acho que foi um dos maiores “problemas” com o qual tive que lidar quando tomei a

Continue lendo…