familia facebook pixel

Posts by Patrícia Maldonado

Pressão online e aumento nos suicídios

Nas redes sociais todo mundo é feliz. Bonito. Magro. Saudável. Todo mundo é realizado. Viaja. Compra. Conquista. Na vida real pouca gente é assim. A  maioria tenta ser feliz. Se esforça pra melhorar a aparência. Para ganhar mais. Parcela uma viagem dentro do próprio estado. Faz carnê em loja de roupa. Mas a pressão da vida perfeita faz os adolescentes não enxergarem a realidade e o suicídio é hoje a segunda

Continue lendo…

Primeira vez: sempre marcante!

Hoje é um dia muito especial na minha casa. Pela primeira vez aqui nos Estados Unidos minhas filhas foram para a mesma escola. Pela primeira vez foram de ônibus amarelo (aquele dos filmes). Pela primeira vez Maitê foi para uma escola de “criança grande”, como ela mesma diz. E a primeira vez é sempre assim: marcante. Inesquecível. Amedrontadora. Digo isso porque sei o frio na barriga que elas sentiram. O

Continue lendo…

Meu pai, queria estar aí…

Meu pai não é um cara fácil. É bravo. Exigente. Sempre cobrou muito de mim e do meu irmão. Sempre exigiu notas altas, empenho, dedicação. Sempre puniu erros com castigos. Sempre fez a gente entender que  nada cai do céu. Fez a gente aprender o que era compromisso, responsabilidade e hierarquia desde cedo. Meu pai Mesmo assim meu pai sempre foi o tipo de pai que as minhas amigas invejavam.

Continue lendo…

Medo de tudo!

Nina está na fase de ter medo de tudo. Medo de ir no banheiro sozinha. De dormir no escuro. De ir nos brinquedos que sempre amou. Do dia pra noite é como se minha filha fosse outra criança. Se assusta com tudo. Chora se estou com ela no quarto e, ao sair, a porta encosta sozinha. Se a irmã fala mais alto. Se peço para ela pegar algo na garagem. Medo

Continue lendo…

Evaristo Costa é mais um…

Chama a atenção a decisão do meu colega Evaristo Costa. Depois de 14 anos na TV Globo, onde milhares de pessoas sonham trabalhar, ele decidiu mudar. De vida. De rumos. De sonhos. Decidiu ir atrás de coisas que fazem mais sentido pra ele. Decidiu se dedicar a família. Decidiu dar um tempo. Descansar o corpo e a mente, como ele mesmo disse num vídeo em que se explica. Esse é o

Continue lendo…

Fotografia documental é o máximo!!

Não conhecia fotografia documental até semana passada. Já tinha até ouvido falar, confesso, mas não havia me interessado muito. Isso até conhecer Grazi Ventura, especialista no assunto. Desde então me apaixonei perdidamente por esse tipo de arte. Bom, antes de explicar como a magia acontece, acho melhor compartilhar algumas imagens, porque elas falam mais do que mil palavras… Fotografia documental é apaixonante!! E aí? Se apaixonou também? Demais, né? Pois esses

Continue lendo…

Vida: escola cruel

Sou chata com a educação das minhas filhas. Pego no pé. Dou bronca. Reclamo. Ponho de castigo. E tudo por que? Porque a vida não vai ensinar como eu. Não vai ter amor. Nem dó. Nem tempo. Vai ensinar as coisas de uma maneira infinitamente mais cruel e dolorosa. E elas vão sofrer. Vida ensina… Se minhas filhas não aprenderem a dividir hoje, vão ter que aprender no futuro. E

Continue lendo…

Perder filho é inimaginável

Não tenho ideia do tamanho da dor de perder filho. Sei o que é a dor de perder amigos. Avós. Parentes próximos. Mas filho não sei e nem quero saber. Imagino pelo que já vi de perto. Minha prima faleceu com seis anos quando eu tinha uns 10. Mas penso que só uma mãe sabe realmente o que é essa dor. Perder filho… Decidi falar sobre isso depois de passar

Continue lendo…

Mudar de país não resolve tudo!

Desde que eu mudei para os EUA muita gente me escreve em busca da solução dos seus problemas. “Estou desempregada, quero mudar de país como você” é a frase que mais escuto ou recebo pela internet. E a que mais me intriga também. Será que as pessoas pensam que mudar de país resolve tudo?  Será que imaginam que a vida por aqui é fácil? Será que as pessoas tem a

Continue lendo…

Ciumentas, irmãs brigam por tudo!

Na minha casa moram duas meninas ciumentas. Que brigam por atenção. Por espaço. Pelo meio da cama. pelo lugar na mesa. Pelo canto do sofá. Duas meninas que se amam. Se defendem. Mas que morrem de ciúmes uma da outra. Ciumentas demais! Na minha casa o ciúmes se manifesta de diferentes maneiras. Se eu pego uma na escola a outra quer saber porque ela não foi a primeira a ser

Continue lendo…