View this post on Instagram

À todas as mães que já foram julgadas... - Desde quando colocar um bebê pra dormir no berço é crime?! Ontem postei um vídeo do Lucca dormindo em pé no berço. Ele sempre vai pro berço depois do mamá, sonolento, mas acordado, e lá ele brinca, faz uma ginástica do sono que eu adoro assistir pelo monitor. E antes da soneca da tarde de ontem, no meio dessa ginástica ele levantou e tava tentando se equilibrar dormindo, sem choro, só tentando ficar em pé enquanto dormia. Se você não concorda com a maneira que uma mãe educa um filho, tudo bem, as críticas e os julgamentos são inevitáveis, mas não acuse uma mãe de não amar um filho por isso. Ninguém nesse mundo ama mais esse filho do que a própria mãe. Eu acho lindo a cama compartilhada, tentei nos primeiros meses, mas eu não conseguia dormir de medo de sufocar meu bebê. Por isso desisti dessa opção e o Lucca foi pro berço, mas isso não quer dizer que não amo meu filho, que não dou colo para ele, que não o atendo quando ele precisa. O Lucca dorme a noite toda desde os 4 meses, no berço dele, no escurinho e no silêncio do quarto dele, sem tortura alguma, isso aconteceu de uma maneira natural. Eu acredito que dormir cedo, no quarto dele, no silêncio e no escuro, são hábitos saudáveis de sono, e não falta de amor. Não sou a mãe perfeita, nem quero ser, não preciso provar pra ninguém que sou boa mãe, só quero dar o meu melhor pra ele, amar e curtir cada segundo do crescimento dele. A cada minuto que passa ele me ensina que eu nada sei e que a única certeza é o AMOR! Meu maior sonho era ser mãe, por isso resolvi abrir mão de muita coisa da minha vida para ser mãe em tempo integral, para estar 100% do lado dele, porque é o que o meu coração me pede, é maior do que qualquer outra coisa. E nessa jornada como mãe, não me faltam dúvidas, mas também não me falta amor pra dar, tenho me doado de corpo e alma, dou muito colo, amamento há 19 meses em livre demanda e desde que ele nasceu a única pessoa que o coloca pra dormir sou eu, ele nunca foi dormir sem o peito, sem o meu colo, sem o meu carinho, o que muitos acham um exagero pra um bebê da idade dele, mas a verdade é que amor nunca é demais! - #maternidade ❤️

A post shared by Fernanda Machado (@realfemachado) on

Julgamento de mãe tem que parar!

Se o filho tem rotina a mãe é julgada. Se não tem também é. Se ela dá o peito até ele crescer é julgada. Se não dá também é. Até quando vamos aceitar o tribunal das mães perfeitas? O julgamento da patrulha das politicamente corretas? A tirania das que nunca erram e estão sempre de olho no tropeço alheio? Chega de julgamento! Dessa vez a vítima foi a atriz Fernanda

Continue lendo…