O dia da mudança!

 

Duplinha pronta para o sono da beleza!

Duplinha pronta para o sono da beleza!

Demorou, mas o dia da mudança chegou! Nos organizamos para essa hora há uns seis meses. Primeiro psicologicamente, até tomar a decisão. Depois praticamente, ao reunir milhares de documentos e, por fim, sentimentalmente (se é que vocês entendem) quando nos preparamos para as tristes despedidas. Nenhum desses momentos foi fácil, mas todos nos estavam preparando para o dia 29 de junho. E o grande dia chegou: o dia da mudança!

Nosso embarque era só as dez da noite, o que permitiu um dia corrido (sempre fica alguma coisa pra gente fazer na última hora, sabe como é…) e doloroso (ter que dizer tchau para minha família e a do Guilherme sem saber quando vamos nos rever não foi fácil, todos nós choramos muito!). Além disso, quem tem filhos sabe que viajar com crianças exige todo um planejamento (já falei disso em outro post), agora imagine mudar de país com crianças! É tralha que não acaba mais, parece que a gente vai ficar maluca!

Enfim, depois das dez malas e duas caixas arrumadas (minha mudança foi na frente, lembra?), seguimos para o aeroporto com uma mistura de alegria e tristeza. Vontade de ir e de ficar. Uma confusão que é até difícil de explicar. Eu não conseguia falar no telefone sem chorar, ficava repetindo pra mim mesma, como um mantra, que tudo daria certo. Enquanto isso Nina e Maitê curtiam toda a bagunça sem se dar conta da seriedade do momento, sem noção de distância e tempo, como eu já expliquei aqui em outra ocasião. Ufa! Uma dificuldade a menos!

No avião voltei a explicar para elas que esse era um passo grande na nossa vida, mas que estaríamos os quatro juntos, sempre, como num time. Na verdade acho que é isso mesmo que nós somos: uma equipe onde um se esforça pelo bem dos outros, onde a conquista de um é o prêmio dos outros. E talvez essa união tenha feito a gente ter tanta coragem de mudar de vida!

Papo rápido e as duas caíram no sono. Eu e o Gui permanecemos um tempo ainda em silêncio. Eu fiquei imaginando o que viria pela frente, agradecendo pela chance de realizar o sonho,  pedindo proteção e sabedoria para enfrentar os desafios que surgiriam no caminho. Olhei pro meu marido e, sem dizer uma palavra, soube que ele pensava o mesmo que eu. Também estava com o coração batendo forte, ansiedade a mil, cabeça cheia de dúvidas…Estávamos exaustos de tanto pensar! Sorri pra ele como quem diz: “vai dar tudo certo, né?”E ele apenas sorriu de volta e balançou a cabeça, como se ouvisse meus pensamentos.

Foi o que eu precisava para dormir e acordar lá. Na nova vida! 

 

32 Discussions on
“O dia da mudança!”
    • Oi, Alice! Existem milhares de possibilidades quando o assunto é visto para os EUA…o ideal não é vc saber o meu, mas se informar em qual vc se encaixa, entende? Minha sugestão é vc consultar um advogado de imigração! Bjo

  • Estou nesse dilema hoje, sem saber o que pensar ou fazer para sair da minha zona de conforto, se bem que a mudança é para outro estado aqui mesmo no Brasil. Mas mesmo assim bem distante, fico triste por causa dos colegas dos meus filhos, escola, nosso lar enfim… Temos que ter coragem de enfrentar esse medo e essa insegurança, a final família muda tudo não é? Rsrs

  • Oi Paty! Vcs estão com qual tipo de visto aí? Estou me planejando de mudar de país… No momento estou aqui em Orlando à Turismo e minha irmã tem casa em Celebration. Penso muito em morar aqui mas me preocupo com a legalidade. Bjs

  • Oi Patricia !!!
    Te achei pq estou pesquisando sobre mudanca para EUA e tenho filhos 12, 8 e 2 anos . E gostaria de saber se é possivel as criancas estudarem ai enquanto os pais estudam ingles

    Bjs e boa sorte ????

  • Família linda,

    Deus abençoe essa nova fase e que vcs sejam sempre felizes! E nunca esqueçam que são um time.

    Beijos!!!

  • Ola querida, que deus abencoe muiot sua nova vida com sua linda familia, te vi na Oscar freire alguns dias atras e fiquei sem jeito de te pedir uma foto, agora se foi…
    Beijinhos sejam felizes

  • Ola, Patricia… Esse seu post me fez fazer o que estava entalado na garganta… Chorar… Estamos indo dia 5 de agosto com nosso filho de3 anos… E ai fica a situacao da despedida , e o medo de não rever a vozinha bem idosa… Pensar que pode ser a ultima vez…. A preocupação com o Day Care… Será que meu filho vai sofrer, apesar de falar inglês( frequenta escola americana desde os 11 meses, e eu sou prof de ingles), mas mesmo assim… Todo mundo chorando porque meu filho é o xodozinho da familia… O que levar, o que não levar… Cabeça super confusa, mas sempre levando para o lado positivo… Ainda bem que existe internet! Sua familia é linda! Espero um dia t encontrar em Orlando …. Bjssss

  • Pati fiquei surpresa quando vi no instragran que vc e sua familia estavao de mudança para os eua. Sempre acompanhei vc e seu marido na tv e nao imagina que vcs iriam sair do pais. Imagino como deve ter sido difícil para vcs tomarem essa decisão e estão de parabéns por seguir em frente pelo sonho de vcs. Eu já fui várias vezes para os eua e realmente o estilo de vida é completamente diferente da do brasil sem falar no fator segurança que é fundamental. Eu tenho um grande sonho também de ir morar nos eua mas sou advogada e concurseira e no meu caso fica difícil começar do zero..por isso a minha pergunta: vcs vão continuar na profissão de jornalistas e como vão fazer para validar o diploma se forem atuar na area? Que deus abençoe a nova jornada de vcs e vai dá tudo certo! Beijos

  • Li todos os seus post’s, amei… Suas filhas são umas fofas, vc uma fofa tbm…Vou continuar por aqui, lendo e de olho no seu instagram…

  • Só de ler seu post, me emocionei…
    Hoje, não tenho condições (emocionais, estruturais, profissionais, financeiras e todas mais…rs) de fazer uma mudança dessa, mas confesso que ela muito me atrai. Ler seu blog tem sido muito legal… Vejo vcs nas redes do Rodrigo e Vivi tb… E nos posts e nova vida deles tenho me emocionado muito também… A alegria de ter amigos e família em casa, tem outro sabor agora !
    Boa sorte pra vcs !
    Dani

  • Olá Paty!

    Este seu post me deixou de olhos cheios de água! Pois como vocês também tomamos esta decisão e estamos indo para Orlando dia 10 de setembro! Tudo que você citou é exatamente o que sinto! Mas também vamos com a certeza que dará tudo certo! Tenho uma filha de 3 anos e também esperamos dar uma vida melhor para ela! Obrigada por compartilhar sua experiência conosco!

    Beijinhos e sucesso para vocês ai!

    Tati

  • Olá Patrícia,

    Estamos pensando e nos preparando para morar nos EUA com nosso dois fihos (uma menina de 10 anos e um menino de 04), estamos nos planejando tb, fazendo um cursinho de inglês, aprendendo a cultura do país, ano que vem vamos até a Disney (uma preparação).E achei o seu blog e me identifiquei muito e até me emocionei com a parte do avião,vc e seu marido em silêncio,me vejo daqui uns tempos do mesmo jeito com meu marido…rsrs
    Continue postando mesmo sua experiência,é de grande valia pra nós brasileiros que queremos morar fora,amo meu país tb, mas acho que a quaidade de vida para meus filhos, a segurança, entre outras vantagens,só iremos ter em um país de primeiro mundo,infelizmente nosso Brasil não pode mais nos oferecer isso….
    Que vcs sejam muito felizes,tenho certeza de que fizeram a coisa certa,quem puder,faça tb, façam principalmente pelos filhos, dêem um futuro melhor pra eles, tenho certeza que todos nós não iremos nos arrepender!!! Boa sorte e mande sempre noticias,estarei sempre te acompanhando!!!!

  • Oi ,desejo toda proteção e cuidado de Deus à vc e sua família .Seja Feliz !!!!Coloque Deus à frente de tudo e Ele vai suprir todas as sua necessidades.
    Se tem um lugar que gosto de ir é para Orlando acho tudo muito magico agora mais ainda com vc ai.

    Bjos

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!