familia facebook pixel

Categoria De Mãe pra Mãe

Cada filho é único

Nina é calma. Maitê agitada. Nina é uma lady. Maitê é um moleque. Nina fala baixo. Maitê grita. Nina chora se alguém provoca, Maitê revida. As diferenças que me intrigam (elas são filhas dos mesmos pais e recebem a mesma criação, como podem ser tão diferentes?) são também as que me encantam…Acho lindo ver que cada filho é único. Acho lindo ver que cada uma nasce com uma personalidade, um

Continue lendo…

Melhor Babá eletrônica: qual escolher?

Pais, filhos e a babá eletrônica! Esse trio está sempre junto no início da vida dos pequenos. Tem gente que prefere com câmeras de última geração, wi-fi, possibilidade de compartilhamento de imagem nas redes sociais. Outros querem apenas uma câmera e um monitor simples, tem ainda os que procurem a babá eletrônica que apenas áudio. Não importa. Esse é um tem indispensável na compra do enxoval e eu, como embaixadora

Continue lendo…

Filhos crescem rápido demais!

Quando você se dá conta ela não quer mais aquele ursinho com quem era grudada. Tem vergonha da fantasia de princesa que tanto amava. Não quer assistir ao desenho da Barbie. Quando você se dá conta ela está admirando sua necessaire de maquiagens, pede pra ir junto no salão de beleza, coloca seus sapatos de salto alto escondido. Quando você se dá conta ela cresceu. É isso. Filhos crescem rápido

Continue lendo…

Criador do facebook é gente como a gente!

Conheço muitos pais que NUNCA trocaram a fralda dos filhos. Porque tem nojo. Porque não tem tempo. Porque acham que é “coisa de mulher”. Porque não sabem e não querem aprender. Porque, em pleno 2016, tem gente que ainda não sabe ser…Pai! Pois bem, Marck Zuckerberg, criador do facebook, é gente como a gente! Ele troca fralda e, acredite se quiser, em 20 segundos, segundo divulgou hoje o Jornal Folha

Continue lendo…

Ter um filho muda tudo!

Você pode ser uma pessoa comum, como eu, ou ter sangue azul. Pode trabalhar como comissária de voo ou garçom. Pode ser um jogador de futebol, uma faxineira, um vendedor de loja. Não importa. Uma coisa é certa: ter um filho muda tudo! Não sei bem como acontece esse processo dentro da gente. Não sei em que momento exatamente deixamos de ser aquela pessoa que sempre fomos para nos tornarmos

Continue lendo…

Sou uma mãe chata

Eu queria ser uma mãe mais legal. Juro. Eu queria, por exemplo, saber repetir 950 vezes numa mesma refeição que ela têm que comer tudo o que tem no prato sem me irritar. Eu queria não me incomodar com a bagunça que elas fazem – em questão de minutos – no quarto, na sala, na cozinha e no banheiro! Eu queria conseguir pedir para as duas pararem de brigar sem ter

Continue lendo…

Mãe só para quando fica doente!!

Pega avião, viaja 9 horas, trabalha, pega outro avião, mais 9 horas, volta. Chega pra cuidar da casa, do marido, das crianças, dos cachorros. Nem bem mata a saudade ou descansa e já tem reuniões de manhã, de tarde e, às vezes, a noite. Almoço de negócios. Entrevistas. Apresenta projetos, analisa propostas. Tem que estar linda pro evento de fim de ano da escola das crianças, tem que malhar para ficar

Continue lendo…

Carta para minha afilhada!

Eu queria ser uma madrinha presente. Eu queria assistir a apresentação de ballet, queria estar junto quando o primeiro dente caiu, quando ela começou a ler. Queria ser a pessoa pra quem ela conta tudo, queria poder ajudar nas escolhas, queria ser um exemplo. Mas, na prática não sou a melhor madrinha do mundo. Por isso mesmo essa é uma carta para minha afilhada! Luísa, antes de mais nada, me

Continue lendo…

Cama compartilhada sim!

“Quando eu tiver filhos cada um vai dormir na sua cama, um absurdo as crianças dormirem na cama dos pais”. Atire a primeira pedra quem nunca disse isso antes de engravidar. Quem nunca julgou quem dorme com os pequenos. Quem sempre achou que resolver essa questão é simples. Pois eu me incluo em todas essas categorias e, sinto informar…mas na minha casa temos cama compartilhada sim! E eu amo!!! A

Continue lendo…

Fazer os enfeites de Natal é um barato!!

Outro dia a direção da revista Crescer – onde tenho coluna – me convidou para participar de uma campanha muito legal: o objetivo  é estimular as pessoas a enfeitarem suas casas para os filhos entrarem no clima do Natal, mesmo que minimamente, mesmo com a crise, apesar da quantidade de  coisas ruins que estão acontecendo (como a tragédia em Mariana). Sugerir enfeites feitos a mão, baratinhos, era uma das ideias deles. Nem

Continue lendo…