familia facebook pixel

Categoria De Mãe pra Mãe

Não temos do que reclamar

Somos seres humanos, passíveis de erros, cheios de defeitos. O maior deles é reclamar de tudo. Repare como reclamamos da vida em geral: se está sol reclamamos do calor, se esfria o problema é o frio. Reclamamos porque somos magras demais, gordas demais. Porque a pintura da casa não ficou boa, porque o café derramou. Mas, a verdade, é que não temos do que reclamar. Decidi fazer esse exercício hoje.

Continue lendo…

Bons exemplos nas Olimpíadas

As imagens que marcam nos Jogos Olímpicos são sempre de vitórias suadas ou zebras inimagináveis. De tombos, pontos, gol. Repete-se a exaustão o momento do pódio, da batida na borda da piscina, da cortada no adversário, da linha de chegada, da comemoração, das lágrimas dos derrotados. Mas pouco se fala dos bons exemplos nas Olimpíadas. Não que exemplos de batalha e luta não sejam bons, pelo contrário. Mas nesses momentos

Continue lendo…

Filhos e a superexposição

Difícil resistir a tentação de postar uma foto dos nossos filhos no instagram, no facebook. Eu mesma adoro compartilhar momentos fofos ou divertidos das minhas pequenas e, quer saber? Não vejo nenhum problema (desde que alguns cuidados sejam tomados, óbvio – como não mostrar onde moro e nem a escola que frequentam). Mas é só uma super celebridade fazer isso para ir pro banco dos réus. O motivo seriam os

Continue lendo…

Quem deixa o bebê no chão desse jeito?

Essa foi a pergunta que milhares de pessoas se fizeram nos últimos dias nas redes sociais desde que a foto acima foi postada. Como se estivéssemos na idade média, a mãe foi julgada e apedrejada em praça pública. Sem chance de defesa. Ninguém procurou saber o que tinha acontecido. A imagem mostrava que a mulher estava no celular e o bebê no chão. Simples assim. A única pergunta era: quem deixa

Continue lendo…

Parto nos EUA

Eu completava 39 semanas de gestação, ja estava enorme, dor na coluna, dor na virilha por causa do peso (Daniel nasceu gordinho e adorava pisotear minha virilha, era “otimo”), contracoes constantes. Meu pai chegaria dia 11, meu parto foi marcado para o dia 13. O importante era fazer com que o Daniel não viesse antes, para o meu pai ter alguns dias com o Vicente em casa antes de irmos

Continue lendo…

Grávida nos EUA!

Quando descobri que estava grávida nos EUA corri achar uma obstetra de confiança e logo procurei uma amiga que tem 3 filhos e estava gravida do quarto pq pensei: essa ai entende do assunto pq é profissional da barriga!! Bom, minha amiga me indicou uma medica americana, muito boa por sinal, mas senti umas diferenças logo de cara. Quando cheguei para minha primeira consulta, eles me deram uma tonelada de papéis

Continue lendo…

Lado B da maternidade

Sou super a favor de falar da maternidade real. A vida como ela é mesmo. Amamentar dói? Na primeira semana sim, MUITO.  Acordar dez vezes durante a madrugada é tranquilo? Não e você vai viver com sono. A gente se sente bonita depois de dar a luz? Nem um pouco. Pois bem, por isso mesmo não entendi quando soube da repercussão do caso de Amanda Bacon, a mãe que compartilhou,

Continue lendo…

Dar à luz nos EUA é…diferente!

Sou Bruna Di Tullio, atriz, apresentadora, filha, esposa e mãe de 2 meninos lindos que preenchem minha vida por completo no momentos. Sou amiga da Patricia Maldonado desde meus 15 anos mais ou menos ( se ela não vetar, quem sabe faço um post totalmente dedicado a nossa adolescência !!rs #sqn ). Atualmente moro em Orlando com minha familia e num papo com a Pati topei dividir minha experiência com vcs sobre

Continue lendo…

Cada filho é único

Nina é calma. Maitê agitada. Nina é uma lady. Maitê é um moleque. Nina fala baixo. Maitê grita. Nina chora se alguém provoca, Maitê revida. As diferenças que me intrigam (elas são filhas dos mesmos pais e recebem a mesma criação, como podem ser tão diferentes?) são também as que me encantam…Acho lindo ver que cada filho é único. Acho lindo ver que cada uma nasce com uma personalidade, um

Continue lendo…

Melhor Babá eletrônica: qual escolher?

Pais, filhos e a babá eletrônica! Esse trio está sempre junto no início da vida dos pequenos. Tem gente que prefere com câmeras de última geração, wi-fi, possibilidade de compartilhamento de imagem nas redes sociais. Outros querem apenas uma câmera e um monitor simples, tem ainda os que procurem a babá eletrônica que apenas áudio. Não importa. Esse é um tem indispensável na compra do enxoval e eu, como embaixadora

Continue lendo…