Comemorar volta às aulas dá confusão

É batata. Basta uma mãe se posicionar contra alguma coisa que a patrulha do politicamente correto prega para virar briga na internet. Comemorar algo que elas não concordam, por exemplo?  Julgamento. Apedrejamento em praça pública. No mínimo.

Comemorar a volta às aulas

Festejar que os pequenos voltaram a escola, por exemplo? Não pode. Não deve. Dá rolo.

Foi o que aconteceu ontem nas redes sociais. Um verdadeiro tribunal para julgar uma mãe que colocou no ar um post bem humorado. Nas imagens pais e mães dançam, festejam o fim das ferias. Mas comemorar a volta as aulas irritou as “mães perfeitas”que vivem por aí (não sei onde). Foi o assunto do dia! “Absurdo uma mãe fazer isso”, “Que tipo de mãe fica feliz numa hora como essa”. Essas foram algumas das frases mais leves que li nos comentários.

Não pode!

Mas e se a mãe não tem com quem deixar durante as ferias e esse período é difícil pra ela? Não pode. Mas e se a mãe está mesmo cansada da bagunça que fica na casa quando as crianças não estão na escola? Não pode. Mas e se a mãe estiver apenas brincando? Não pode também.

Mãe que é mãe tem que concordar com o senso comum. E como é difícil…Não pode compartilhar cama, porque a criança acostuma. Não pode colocar regra, porque a criança sofre. Não pode dar comida pronta, porque faz mal. Não pode dar doce. Não pode deixar chupeta. Não pode dar mamadeira. Tem que dar o peito até a criança cansar. Tem que tirar o peito senão eles fazem você de chupeta. Afffffff!

Quando é que as pessoas vão entender e respeitar a maneira como os outros lidam com a educação de seus filhos? Quando vão entender que não existe receita de bolo nessa hora e muito menos o certo e o errado. Tem o que é certo e funciona pra mim e o que é certo e funciona pra você.

Óbvio que não estou falando de nada relacionado a higiene e nem de cuidado básicos a que toda criança tem direito. Mas de resto cada família tem sua dinâmica. E se a família em questão comemorou a volta as aulas eles devem ter os motivos deles. Eu fiquei triste quando as ferias das minhas filhas terminaram e, mesmo assim, achei engraçado o post em questão. Até porque não tenho absolutamente nada a ver com essa família.

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!