familia facebook pixel

Perfeita não, melhor possível!

Mãe perfeita não existe. Existe a mãe que erra tentando acertar. A mãe que dá o seu melhor. A mãe que encontra a sua receita para criar os filhos de acordo com a dinâmica da sua família. É isso. Cada família é única. Cada casa é uma casa. Por isso mesmo não existe certo e errado na criação de filhos. Estamos todas no mesmo barco.

Mãe perfeita não existe!

Não importa se você é vegana ou ama um churrasco. Não importa se você compartilha a cama com os filhos ou cada um dorme no seu quarto. Não importa se seu filho toma suco de caixinha ou só água mineral. Não existe a mãe perfeita. Estamos todas tentando ser boas mães. Do nosso jeito.

Recebi um texto no Facebook hoje que fala exatamente sobre isso. Sobre como está certa a mãe que trabalha. Da mesma maneira que está certa a que decide parar de trabalhar. Como está certa a mãe que amamenta. Da mesma maneira que está certa a mãe que dá mamadeira. Como está certa a mãe que usa fralda de pano. Da mesma maneira que está certa a que opta por descartáveis.

O texto foi postado por uma mãe chamada Ashley Potter e teve milhares de compartilhamentos. Segue mais um, em tradução livre. Infelizmente o texto, que originalmente está em inglês, não tem autoria (a própria Ashley diz isso na página dela). Enfim, tenho certeza de que quem escreveu foi uma mãe como eu e você. Que não é perfeita. Mas é que é o melhor que pode ser para seus filhos!

Texto lindo sobre todas nós…imperfeitas!

“Para a mãe que está amamentando: caminho a percorrer! Realmente é um ótimo presente dar de mamar ao seu bebê, o tempo que você puder. És uma boa mãe!

Para a mãe que está alimentando com fórmula: não é incrível a ciência? E pensar que houve uma época em que um bebê que tivesse uma mãe que não produzisse leite suficiente iria sofrer! Melhor evitar sofrimento e viver através da química, né?! És uma boa mãe.

A mãe das fraldas de pano: o tecido é tão fofo e tão amigável na conta bancária… És uma boa mãe.

A mãe das fraldas descartáveis: uau! Excelente não se preocupar com lavanderia! És uma boa mãe.

Para a mãe que fica em casa: eu posso imaginar não é fácil fazer o que você faz, mas passar esses anos preciosos com seu bebê vai ser incrível. És uma boa mãe.

Para a mãe que trabalha: é maravilhoso que você continua com a sua carreira, você é um modelo positivo para os seus filhos em muitos aspectos, é fantástico. És uma boa mãe.

Para a mãe que alimenta os filhos com comida pronta (e muitas vezes fast food) a semana toda porque está cansada demais para cozinhar ou ir às compras:aposto que eles não estão reclamando! Às vezes, sanidade pode ser encontrada num saco de batatas fritas! És uma boa mãe.

Para a mãe que só alimenta o filho com orgânicos: excelente! Uma boa alimentação é importante, e eles estão aprendendo a desfrutar de alimentos saudáveis em tenra idade, uma dádiva para o resto de suas vidas. És uma boa mãe.

És uma boa mãe

Para a mãe com as crianças, que estão sentadas em silêncio e usando as boas maneiras que aprenderam no restaurante chique: elogios! É preciso muito para manter a ordem com crianças em um lugar onde não podem andar por aí. És uma boa mãe.

Para a mãe com a criança que está tendo uma crise no corredor dos cereais do supermercado: parece que eles sempre escolher os lugares mais embaraçoso para fazer birra, né? Todos nós já passamos por isso. És uma boa mãe.

Para as mães que julgam outras mães? Telhados de vidro, amiga.

2 Discussions on
“Perfeita não, melhor possível!”

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*