familia facebook pixel

Perder filho é inimaginável

Não tenho ideia do tamanho da dor de perder filho. Sei o que é a dor de perder amigos. Avós. Parentes próximos. Mas filho não sei e nem quero saber. Imagino pelo que já vi de perto. Minha prima faleceu com seis anos quando eu tinha uns 10. Mas penso que só uma mãe sabe realmente o que é essa dor.

Perder filho…

Decidi falar sobre isso depois de passar um fim de semana pensando no assunto. Primeiro porque conheci uma mãe que teve um bebê que nasceu morto aos 9 meses. Depois porque tomei conhecimento do caso do filho do treinador do Fluminense, Abel Braga, que perdeu o filho de 18 anos num acidente.

Como essas famílias se levantam depois de perder filho? Devem ficar sem chão, sem rumo, sem motivo pra viver. Devem questionar crenças, dogmas, perder a fé. A vida deve perder o sentido, os planos a razão. Que dor imensurável…

A ordem natural das coisas é que os pais partam antes de seus rebentos. Esse é o curso normal da vida: os mais velhos morrem – ou deveriam morrer – antes dos mais novos. Isso é o que, provavelmente, causa tanta revolta e incompreensão quando os filhos são tomados dos braços de seus pais, seja lá qual for a causa.

Enfim…Martha Medeiros resumiu bem o que pensei hoje ao chegar do trabalho e ver minhas filhas gozando de plena saúde. “Eu, que vinha passando por uns dias ruins, agora me pergunto: do que mesmo eu estava reclamando? Cada um sabe o que lhe dói, e todas as dores são respeitáveis, mas às vezes é importante a gente lembrar que a única coisa de que precisamos é ter ao nosso lado as pessoas que amamos, o resto é negociável, e isso vale para artistas, balconistas, diaristas e todos que vivem em alta velocidade, sem perceber que, no balanço das horas, tudo pode mudar”.

 

 

2 Discussions on
“Perder filho é inimaginável”
  • O sol se apaga , o coração se torna uma chaga, a mente , um buraco negro , a alegria uma doença , o sorriso um gesto mecânico, a saudade eterna , a falta da presença uma ausência do oxigênio, a dor uma constancia , a esperança única do reencontro , do colo , do contato físico, do olhar, do afeto, da presença, do amor.
    Meu anjo de 27 anos foi estupidamente arrancado de mim.

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*