O primeiro dia na escola foi…demais!

Prontas para o primeiro dia de aula!!!!!! Tem coisa mais fofa??

Prontas para o primeiro dia de aula!!!!!! Tem coisa mais fofa??

Desde que nos mudamos para Orlando minha maior preocupação era com a escola das meninas. Como seria? Iriam gostar? A adaptação seria fácil? E a comida? A professora? Os amigos? Nossa, era tanta insegurança e tantas dúvidas que nem sei. Pois hoje posso dizer que o primeiro dia na escola foi…demais! Ufa!

Quem me acompanha por aqui ou no blog/revista Crescer sabe que a preparação pra que elas curtissem esse momento começou quando chegamos e as matriculamos num curso de férias (Summer Camp). Não era a mesma coisa, mas minha ideia era que tivessem contato com a língua, com amigos diferentes, com professoras novas.

Desde que o Summer Camp acabou elas voltaram a ficar sem rotina, de férias mesmo. Meus pais estavam aqui nos visitando, então foi como se estivessem numa viagem normal, sem hora pra nada, sem muita regra. Pois hoje tudo mudou. Sete horas o despertador tocou, arrumei as duas (só a Maitê precisa de uniforme, Nina pode escolher a roupa – um minuto de silêncio! Risos!!) e fomos rumo a nova vida de verdade.

Primeiro deixamos a Maitê no Day Care (ela vai ter que estudar lá até ter 5 anos), já que fica no caminho da escola da Nina. Pensei que seria fácil, ela é mais extrovertida, falava da escola com mais vontade, deu pouquíssimo trabalho quando estava no Summer Camp. Me enganei! Minha pequena chorou, me pediu pra ficar com ela, disse que ninguém falava português lá…meu Deus! Só eu sei como foi difícil sair da sala quando a professora mandou…

Na escola da Nina mais sofrimento, mesmo com a professora e três amigos falando português! Ela não queria ficar, se pendurou na minha perna, pediu pra ir no colo do Gui. A gente argumentava que ela iria se acostumar…e nada! Mais uma vez saímos com o coração partido! Como mãe/pai sofre, não? Mesmo quando sabemos que estamos fazendo o melhor para eles…

O período em que ficaram lá não desgrudei do celular (para o caso de alguém da escola ligar). Não pensei e nem falei de outra coisa, apesar de ter tentado me distrair de diversas formas. Enfim, 15h. Fomos buscá-las apreensivos. Primeiro a Nina, que foi quem sofreu mais de manhã. O sorriso dela na porta da escola já dizia tudo, mas a frase que ela disse no carro foi maravilhosa: “foi o máximo, mamãe!!!”

Na escola da Maitê mais alegria. Como ela é pequenininha eu posso buscá-la na classe. Cheguei lá e ela estava sentadinha, brincando com duas crianças. Me viu e veio correndo: “eu já vou embora, mamãe?” Respondi que sim e ela disse: “é que eu adorei essa escola!” De fato, comprovei que isso aconteceu mesmo, porque ela até dormiu depois do almoço (veio escrito no relatório que a professora enviou!!).

Ufa! Mil vezes ufa! Respirei aliviada. As duas estão felizes e, pra mim, nada mais importa. Amanhã é outro dia. Que bom!!

 

 

6 Discussions on
“O primeiro dia na escola foi…demais!”

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!