familia facebook pixel

Mentira e crianças: como lidar?

Dia desses peguei uma de minhas filhas numa mentira. Prefiro não dizer qual delas e nem o que houve porque não foi nada demais, embora tenha me deixado bem chateada. Foi a primeira vez que eu vi minha filha mentindo pra mim. E foi a primeira vez que ela, olhando no meu olho, confessou o erro.

Pega na mentira

Foi estranho. Sempre ensinei pras duas que podiam me contar tudo. Que prefiro a verdade por pior que ela seja. Sempre que posso dou algum exemplo de como a mentira pode ser prejudicial. Mas não adiantou. De repente, não mais que de repente…uma delas mentiu. Fingiu estar doente. Mandou me ligarem da escola.

Fui voando. Cara de dor. Eu tentando descobrir o que era, tentando marcar médico. Enquanto isso acontecia olhei pelo retrovisor do carro – sexto sentido de mãe gritando – e percebi um certo prazer na sua expressão, um esboço de um sorriso no canto da boca. Direto pra casa. Só eu e ela. Olho no olho. Perguntei. Ela confessou. Fiquei chocada. Me senti um pouco derrotada, um pouco traída. Não importa que digam que as crianças fazem isso mesmo. Criança minha não vai fazer, sempre pensei. E ela fez!

Educar é complicado!

Engraçado como a gente pensa que ensina e eles aprendem ponto final. Não é bem assim. E nessas horas a gente se dá conta de que eles tem personalidade. Que nós podemos mostrar o caminho, mas não estaremos sempre junto para evitar que peguem atalhos. Que educar é mais difícil do que parece!

Sei que parece exagero, mas me deu medo. Do futuro. Sei lá. De virar hábito. Tratei de dar um sermão. Contei mil vezes a história do Pinóquio. Falei daquela fábula do menino que sempre mentia sobre o lobo, até que um dia não acreditaram nele (e nesse dia era verdade).  Nos olhos dela vi um medinho. Vi que entendeu a mensagem. Talvez eu nem precisasse chegar nesse ponto, eu sei. Talvez ela só quisesse ficar sozinha comigo e por isso a mentira. Talvez tenha brigado na escola e não tenha sabido lidar com a situação. Não importa. Na minha casa não se mente e isso é inegociável.

Fizemos um trato. Da próxima vez que ela quiser ir embora da escola mais cedo ela vai lembrar que todas as outras crianças estão estudando e que, na hora certa, a mamãe vai aparecer. E vai lembrar que mentir aqui é proibido!

2 Discussions on
“Mentira e crianças: como lidar?”
  • Este é meu pesadelo!!! Mas o que conforta é saber que “olho-no-olho” ela desmentiu e confirmou sua intuição. Meu medo é quando a criança não desmente e mantém a mentira, mesmo tudo indicando que tem algo errado. Que Deus nos dê sabedoria e saúde (numa dessas de inventar doença mata a gente do coração)! Mas pode ter certeza que pelo modo que vc transparece a sua relação com elas, isso não vai acontecer de novo. bjs.

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*