Escola de princesa é piada pronta

Escola de princesa – pra que serve?

Demorei pra entrar na discussão sobre a polêmica escola de princesa que existe no Brasil (em Uberlândia) por pura preguiça. Mais do que isso. Porque, como não me aprofundei no assunto num primeiro momento, achei que era bobagem, não pauta para discussão aqui no blog.

Imaginei que a tal escola de princesa não passasse de um lugar onde as meninas vão pra se embonecar. Um salão de beleza pra crianças. Algo parecido com o que tem aqui em Orlando onde elas entram como “plebéias”e saem com fantasias, maquiagem e cabelo inspirados nas princesas da Disney.  Infelizmente não se trata disso. É muito mais grave. Trata-se de um retrocesso, na minha modesta opinião.

Na escola de princesa, onde se ensina também regras de etiqueta a mesa (até aí tudo bem), o casamento é considerado o passo mais importante da vida da mulher, mais importante inclusive do que a realização profissional. Ensinar a cuidar da casa para dar ordens nos funcionários (palavras do site) também faz parte do currículo, assim como cuidar da aparência porque “é através dela que as pessoas conseguem fazer a leitura de tudo que somos”. Senhor!

Um minuto de silêncio. Respira. Vamos em frente.

Ok, também acho educação importante. Concordo que há que se saber o mínimo com relação a regras de etiqueta.Também acho bacana a criança saber arrumar a cama e limpar a casa. Gosto que minhas pequenas cuidem do visual.

A questão é que na minha cabeça os motivos são outros. Quero que minhas filhas sejam educadas (por mim e por meu marido) para tratar todo mundo com respeito, quero que se comportem a mesa para poderem ir onde bem entenderem, quero que saibam arrumar e limpar a casa porque um dia eu posso faltar e, principalmente,  porque um dia elas vão voar. Sozinhas, como eu fiz. E espero que nesse dia elas estejam preparadas para saber cuidar de si mesmas e tenham muito auto-estima.

Na minha cabeça casamento nunca foi a coisa mais importante da vida de ninguém e muito menos receita de felicidade (especialmente em 2016). Conheço casais que estão juntos há anos e que vivem como cães e gatos. Sei de milhares de pessoas não se separam apenas pra manter as aparências. Convivo com gente que seria muito mais feliz sozinha ou morando com um papagaio. E daí?

Conheço também gente que fica feliz quando se realiza profissionalmente e isso basta. Por que não? Quem foi que disse que o casamento é mais importante que a profissão? De onde tiraram essa frase machista e carregada de preconceito???

Olha, vou parar de escrever sobre esse assunto pra não me irritar mais. Antes, porém, quero deixar aqui registrado que lamento, mas mesmo que a gente volte a morar no Brasil, não vou colocar minhas filhas na escola de princesas.

Escola de princesa? Melhor escola da vida!

Vou colocar mesmo é na escola de dança, de futebol, de artes. Vou colocar as duas pra brincar na terra, se sujar de tinta, correr até cansar (como já faço http://familiamudatudo.com.br/se-sujar-faz-bem/. Não quero que minhas filhas sejam princesas. Quero que sejam crianças enquanto puderem e, quando crescerem, sejam mulheres reais, independentes e que saibam lutar pela própria felicidade sem depender de ninguém. Quero que conquistem o mundo com suas próprias mãos e que se a aparência seja o último recurso que as pessoas terão que usar para ler quem elas são.

princesas

 

4 Discussions on
“Escola de princesa é piada pronta”

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!