familia facebook pixel

Cama compartilhada: eu voto sim!

Cama Compartilhada!

Dormir abraçado ao filho, grudado, sentindo a respiração, o cheiro e o calor do corpo. Não tem nada que eu ame mais nesse mundo. Por isso:

Cama compartilhada: eu voto sim!

Digo isso porque sei da legião de pessoas que é contra (desde médicos e especialistas em sono até a patrulha dos politicamente corretos e do grupo dos que não erram jamais!). Pois essas pessoas (que acharam um absurdo o post do Marcos Mion dia desses sobre o assunto http://revistacrescer.globo.com/Curiosidades/noticia/2016/10/marcos-mion-posta-foto-em-cama-compartilhada-com-filha.html) não sabem o que estão perdendo. Eu começaria falando da intimidade e do carinho – que são infinitamente maiores nessas situações. Mas já sei que ouviria gente que, de acordo com pesquisas sei lá de onde, condena essa prática. Gente que é absolutamente contra. Gente que acredita mesmo que as crianças tem que dormir em suas próprias camas.

Desculpa aí, gente. Mas eu sou a favor mesmo da cama compartilhada, como já contei aqui ttp://familiamudatudo.com.br/cama-compartilhada-sim/.

cama-compartilhada

Cama compartilhada é uma delícia!

Sou a favor do pé na cara, do braço enroscado. Sou a favor de sentir minhas filhas próximas o suficiente a ponto de sentir o cheiro do shampoo, da pele, do hálito delas. Sou a favor do boa noite durar até de manhã. De sentí-las protegidas em meus braços, de não saber onde eu termino e elas começam. De dormir e acordar na mesma sintonia, como quando elas moravam na minha barriga.

Não me sinto perdendo nada com a presença delas na minha cama (digo isso porque muita gente diz que o casal perde intimidade quando rola a tal cama compartilhada). Pelo contrário. Ganho em carinho. Ganho em amor. Ganho em cafunés verdadeiros e beijos apaixonados. Ganho em mãozinhas mínimas coladas em mim.

E o marido? O marido pensa como eu. Por siso mesmo não perdemos intimidade, ganhamos em unidade. Damos um jeito de namorar outra hora, ficar junto de manhã. Sabemos que o mais importante nesse momento é dividir espaço. Elas vão crescer. E a gente vai morrer de saudade!

4 Discussions on
“Cama compartilhada: eu voto sim!”
  • Apoiadíssimo Pat! Também faço isso é já ouvi várias críticas e olhares atravessados, mas tô nem aí, rsrsrs! Faço o que meu coração manda! Elas crescem rápido demais, temos que aproveitar cada momento.
    Ah, e além de tudo que vc falou, lembrei o quanto é gostoso o bate papo antes de dormir!
    E quanto aos médicos, acho que estão mudando de opinião: li no site da revista Exame do dia 24/10 que a Academia Americana de Pediatria está aconselhando os pais a levarem seus bebês, até pelo menos até 1 ano de idade, para dormir em um berço no quarto deles.
    Daqui a pouco vão ver o quanto faz bem, para as crianças e para os pais, a cama compartilhada!

  • Eu voto sim também, mil vezes sim. Essa fase da cama compartilhada é única e tão pequena. Logo logo elas não vão querer mais ir, e dai percebemos o quanto podíamos ter aproveitado mais. É maravilhoso acordar na madrugada, embrulhar seu filho, abraça-lo, e voltar a dormir novamente. Por isso, sim, sim, sim e simmm!!!

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*