familia facebook pixel

Teste vocacional vale a pena?

Seu filho tem 17 anos e não sabe o que vai ser quando crescer. Você faz o que? Tenta ajudar encontrando um teste vocacional para ele? Mas e se o que ele realmente gosta é de ser maquiador, vendedor de loja, contador de histórias de festas infantis? Será que o teste vai realmente ajudar?

Estou longe de passar por isso, minhas filhas ainda são crianças. Mas ando vendo a angústia de algumas amigas e pensando muito sobre o assunto. Será que a gente deve mesmo interferir nesse momento e obrigar nossos filhos a fazer o tal teste vocacional, por exemplo? Será que a criança que não sonha com nenhuma das profissões tradicionais precisa inspirar preocupação nos pais? Vejamos.

Teste vocacional. Será?

Conheço muito maquiador que ganha mais do que muitos administradores de empresas. Conheço boleiras que ganham mais do que jornalistas. Conheço tatuadores que ganham mais do que advogados. E todas essas pessoas que eu citei não sabiam o que queriam ser. Só sabiam do que não gostavam. Sabiam também que não estavam prontas para o vestibular ou para uma faculdade. Os pais, claro, piraram. Mas hoje perceberam que a formação não está diretamente ligada ao sucesso profissional. Mas o amor que se tem por ela sim garante isso.

Quando a gente gosta do que faz tudo flui. Tudo fica mais fácil. E se a gente ainda tiver talento pro que escolhemos fazer é batata! Não há teste vocacional e faculdade mais poderosos do que a dupla amor + habilidade.

Claro que nós, pais, queremos que nossos filhos estudem. Se formem. Se preparem para entrar no mundo dos adultos da melhor maneira. Mas quem disse que a maneira tradicional (4 anos de faculdade+estágio) é a melhor maneira? Cada vez mais acho que o melhor é deixar o adolescente  ouvir o próprio coração e tomar a decisão que mais o agrada. O que não dá é ver o filho passar anos num banco de faculdade pra agradar a gente, sendo infeliz.

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*