Escola nos EUA: diferenças!

O que mais me afligia antes da mudança de país era a questão da escola nos EUA. Minhas filhas tinham na época 3 e 5 anos. Nina já tinha começado o processo de alfabetização, portanto. E eu ficava preocupada com a qualidade da escola e do ensino em si. Diante dessa minha lembrança decidi falar um pouquinho hoje sobre a escola nos EUA e suas diferenças com relação a escola no Brasil.

Escola nos EUA

Primeiro que aqui você escolhe o bairro em que vai morar depois de escolher a escola em que seu filho vai estudar. É isso mesmo! Você analisa a notas das escola e, depois de escolher a que mais te atende, procura a casa naquela região. Tanto é verdade que em junho muita gente muda de bairro. Isso acontece porque os filhos saem da elementary e vão para a middle school. Ou saem da middle rumo a high scholl. E não necessariamente o mesmo bairro tem uma elementary e uma middle nota A. Ou uma middle e uma high school boas. Ou seja, os pais mudam de casa para que os filhos tenham acesso a uma escola melhor.

A qualidade da escola nos EUA

Outra diferença é que a escola pública nos EUA é muito boa. Infelizmente a maioria das escolas públicas do Brasil não chega nem aos pés das daqui. Não importa se estivermos falando de estrutura ou de corpo docente. Minhas filhas, por exemplo, estudavam em escola particular no Brasil. Aqui estudam numa escola pública que nós – e elas – amamos! Fico arrasada só de pensar que em 2021 Nina já vai ter que sair de lá (essa escola só vai até 5th grade)

Transporte público escolar

Acho válido dizer também que aqui o transporte público escolar é gratuito. No início do ano a escola onde seu filho vai estudar avisa qual o ônibus e em que horário ele passa mais perto da sua casa. Pronto: todos os dias, quase que pontualmente, as crianças vão pegar o ônibus e chegar no mesmo lugar. Lembrando que aqui o horário das escolas é diferente. Na elementary school, por exemplo, minhas filhas entram as 8h20 e saem as 15h às segundas, terças, quintas e sextas. Quartas-feiras elas saem as 14h.

Férias

Quando o assunto são as férias tem outra diferença. Esse ano por exemplo as aulas da Nina e da Maitê terminam dia 29 de maio e elas só voltam no meio de agosto – as mães piram. Por outro lado as férias de dezembro são super pequenas: quinze dias entre Natal e Reveillon. E você deve estar se perguntando: como os pais que trabalham fazem durante esse período? Você pode colocar as crianças num summer camp, de acordo com o seu budget, onde elas vão brincar enquanto você trabalha. As minhas já fizeram summer camp na escola e no Sea World e não vêem a hora de repetir a dose!

 

 

 

 

4 Discussions on
“Escola nos EUA: diferenças!”
  • Olá, Patrícia.
    Eu e minha família vamos nos mudar para Michigan em 2020. Existe a possibilidade de só nos mudarmos em março. Fico preocupada por conta da escola. Tenho duas filhas, que terão 4 e 2 anos.
    Você sabe me dizer se as escolas aceitam o ingresso de crianças nesse período?
    Beijos! Parabéns pelo blog.

    • Oi, Mariana! Infelizmente não sei te dizer como funciona quando as crianças chegam no meio do período…mas como aqui nenhuma criança pode ficar sem frequentar a escola eu imagino que você não tenha problema. Sugestão: visite a escola antes, converse com a direção, peça ajuda! Eles costumam ser muito prestativos e compreensivos! Boa sorte! Beijos

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!