familia facebook pixel

Desfralde: momento delicado!

Prepare-se. Seu sofá vai ter xixi. O banco do carro vai ter xixi. A cama vai ter xixi. E dê graças a Deus se for só xixi, aliás! Porque outra coisa costuma surpreender a gente nos piores lugares na época do desfralde! Sim, o cocô também dá o ar da graça nos piores lugares e momentos! Se você está passando por esse momento delicado respire e lembre-se: todas passamos por isso. E sobrevivemos!!

Desfralde é caos, mas passa!

Me lembro de um episódio do desfralde da Nina. Fomos a casa de uma amiga que tinha acabado de fazer uma mega reforma, o sofá era novinho. Ela tinha tirado a fralda há poucos dias, mas estava indo muito bem. Pediu pra ir sem fralda, porque minha amiga tinha uma filha mais velha e ela queria impressionar. Preciso dizer o que aconteceu enquanto as duas viam TV no sofá? Preciso dizer que levei minha pequena no banheiro com medo do fatídico acidente e que ela dizia que “não tinha xixi na barriga?”. Preciso dizer que quase entrei debaixo do sofá de tanta vergonha e que paguei pra ela lavar o móvel?

Enfim, poderia ter sido pior. Uma amiga passou por algo parecido mas infinitamente mais marcante. Imagine a mesma cena se repetindo com uma criança que, de uma hora para outra, teve diarréia. Sim. Isso mesmo. O sofá foi pro lixo. Minha amiga gastou um carro na compra de outro e, o pior, demorou anos pra ter coragem de novo de tirar a fralda da filha.

Help!

Moral da história: se prepare para os acidentes durante o desfralde. Eles acontecem nas melhores famílias e vão acontecer com você. “Mas será que não dá pra evitá-los?”, você deve estar se perguntando. Olha…eu sei de muitas técnicas (como a de levar a criança ao banheiro de 30 em 30 minutos – que no meu caso não deu certo). Sei de dicas (como: promover o desfralde no verão, pra ficar mais fácil, ou até comprar um pinico bem legal pra criança ter vontade de usar). Sei de livros para dar uma força (como o “O que tem dentro da sua fralda“) e sei até que existem produtos para ajudar (como uma fralda que vi na Macrobaby e que apita quando a criança começa a fazer xixi, para lembrá-la de correr para o vaso).

Acho as técnicas, dicas e os produtos feitos para esse momento muito legais, mas sabe o que é mais importante? Ter CALMA. Disse e repito: todas passamos por isso. Não desista, peça ajuda da escola, da professora, converse com seu filho, se dedique a ajudá-lo. E outra, leia o SEU FILHO. Ele é único e é quem vai dizer se está pronto para essa missão ou se você precisa esperar um pouquinho mais!

Obs.: Esse texto foi sugestão de duas meninas que me acompanham aqui e no Face: Cristina Lira e Paula Barreto! Espero que gostem, meninas!

2 Discussions on
“Desfralde: momento delicado!”
  • Eu lembro que o desfralde da mais velha foi menos tenso que o da mais nova. Laura sofria de intestino preso, e quando eu a colocava no penico ela fazia o cocô melhor que na fralda, então começou a gostar de andar sem fralda. O sofá foi batizado, minha cama, mas foi menos que o da Isabela. A noturna demorou muito, mesmo depois de tirada eu ainda colocava um plástico embaixo do lençol da cama. A turma do Cocoricó tem uma música do Cocô que ajudou bastante. Elas cantavam e queriam ver o cocô delas…e eu tinha que ver tb né

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*