familia facebook pixel

Caçula: não é fácil ser o mais novo!

Sou a caçula. Meu irmão Adriano nasceu 3 anos antes. Por isso mesmo muita coisa ele usava e depois eu ganhava. O fato de sermos de sexos diferentes me garantiu a dignidade de muitos vestidos novos, é verdade. Mas muitos brinquedos (como patins, por exemplo), eu ganhava depois de serem amplamente testados por ele. Vinham com uma peça quebrada, riscados, sujinhos. Ok, melhor que nada. Mas o fato é que a filha caçula dificilmente ganha presentes novos. A maioria é de segunda mão. E dá um ódio!

Ser caçula é dose!

Dia desses contei aqui que Maitê aprendeu a andar de bicicleta sem rodinhas. Enquanto ela recebia as “aulas” do pai me dei conta de que minha filha está maior do que a bicicleta – que compramos quando tinha 3 anos (ela está com 5 anos e meio). Na mesma hora pensei: “agora vamos dar pra ela a bicicleta da Nina – que é maior – e compramos uma nova pra Nina”.

Ainda bem que eu não pensei em voz alta. Estaria fazendo a mesma coisa que meus pais faziam e que me irritava, sendo que a Nina não precisa de uma bicicleta nova (a dela vai segurar a onda mais uns bons anos). Quem precisa é a Maitê, a caçula.

“Mas a Nina vai ficar muito brava de ver a irmã ganhar uma bicicleta nova!”, disse o Gui. “Sim”, respondi. “E vai ter que lidar com essa braveza”, completei. Do mesmo jeito que ela vai ter que aprender (e eu estou tentando ensinar) que no aniversário da irmã ela não ganha presente. Que no evento da escola da irmã ela pode não ser convidada e coisas do gênero. É a vida. É assim que funciona. Não tem o que fazer.

Mais do que isso. Faz parte da educação aprender que a gente não gasta dinheiro a toa. Que as coisas custam caro. E, por isso mesmo, temos que aprender a dar valor pro que temos. Com o episódio da bicicleta minha filha vai aprender muitas lições que serão úteis pra sempre. Num primeiro momento vai doer, eu sei. Ela vai chorar, reclamar. Mas um dia vai me agradecer por ter sido eu e não o mundo a dar essa aula.

 

 

8 Discussions on
“Caçula: não é fácil ser o mais novo!”
  • Tenho 2 filhos e aqui acontece a mesma coisa, as roupas e tênis principalmente, do mais velho ficam para o mais novo. Mas aqui já é muito natural, qdo vamos comprar alguma roupa pro Victor, o Lucca diz “legal essa blusa (exemplo), depois vai ficar pra mim mesmo!!” Kkk Acho uma graça! 😊
    Obs. Ahhh às vezes compramos roupas e tênis novos pro pequeno tb.

    • KKKKK! Mas é isso! Não tem problema “herdar”coisas dos mais velhos. O problema é a gente não lembrar que os mais novos também merecem coisas novas de vez em quando!! Bjs pro Victor, pro Lucca e pra vc!

  • Aqui aconteceu tb a história da bicicleta. A da Laura passou pra Isabela e Laura ficou sem nenhuma, pois aconteceram tantas coisas que não deu pra comprar uma nova pra ela. Passou o tempo e a bicicleta ficou pequena pra Isabela, no Natal demos uma nova pra Bela e a antiga demos pra uma criança pequena, que tinha uma irmã maior que deu bicicleta dela pra Laura. E todas ficaram felizes!!! E de quebra Laura arrematou: viu mãe, compensa a gente sempre doar as coisas, eu ganhei uma bike com marcha e tudo! bjs

  • Sou a caçula de 8 irmãos, mas sempre fui beneficiada com isso, ganhava sempre presentes de todos os irmãos, até chegar a primeira sobrinha, ai perdi meu lugar rs

  • Mas como eu odiava isso, também sou a caçula e sempre herdava as coisas usadas da minha irmã mais velha, principalmente roupas e sapatos 😤. Era bem triste vê-la ganhando coisas novas, e eu as usadas. Fazia o maior escândalo, mas na maioria das vezes em vão. As coisas só foram mudar na minha adolescência quando minha irmã parou de crescer e fiquei do mesmo tamanho que ela, aí comecei a ganhar coisas novas 😂 Temos 04 anos de diferença. Então, foram anos ganhando coisas usadas. Essa história está se repetindo novamente com a minha sobrinha caçula que tem 1 ano e meio de diferença da minha 😂😂😂

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*