familia facebook pixel

Avós por perto: como é bom!

Eu sempre soube como é bom ter avós por perto. Sempre fui muito próxima dos meus. Vivi com eles muitas férias, finais de semana, momentos inesquecíveis. Aprendi muito com cada um. Morro de saudade dos dias no sítio da minha avó Lorena. No apartamento na praia da minha avó Josephina. Lembro com clareza da risada do meu avô Joaquim e do portunhol do meu avô Manolo. Eles fazem parte da minha historia e devo a cada um o que sou hoje.

Por isso mesmo sinto muito pela distância que existe entre minhas filhas e os avós. Sei o quanto é dolorido pros meus pais e pais do meu marido. Mas o pior é saber que minhas filhas nem sabem o que é essa convivência direito, simplesmente porque nos mudamos quando elas tinham 3 e 5 anos. Ou seja, havia o vínculo, claro, mas há quase três anos ele só é mantido graças a tecnologia. E não é a mesma coisa.

Visita dos avós!!

Por isso mesmo (e por vários outros motivos) fiz de tudo para que elas aproveitassem ao máximo a vinda dos meus pais. Foi lindo – e triste ao mesmo tempo – ver que quando eles se reencontraram parecia que nada tinha mudado. Parecia que eles tinham se encontrado semana passada. Tinham almoçado juntos no domingo. Mas não. Não se viam há um ano e meio. E estava tudo igual.

Durante quase 20 dias eles brincaram muito. Se divertiram. Meus pais rejuvenesceram. Minhas filhas  foram…netas. Com tudo que tem direito. Historias mirabolantes. Presentes fora de data. Doce fora de hora. Cama compartilhada. Difícil descrever o que senti ao vê-los se curtindo. Matando a saudade.

O único problema é que essa alegria toda teve começo, meio…e fim. E foi muito difícil quando esse momento chegou. O momento da despedida. Os 20 dias voaram. E eles precisaram dizer: “até a próxima”. Pode ser que esse encontro se repita nas próximas férias. Ainda esse ano. Ou não. Mas o bom é saber que, mesmo que isso não aconteça tão cedo, o sentimento verdadeiro continua lá. Guardadinho no lugar mais precioso.

 

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*