familia facebook pixel

Segredos, mães e filhas

Tenho vários segredos com as minhas filhas. Coisas que uma não quer que a outra saiba. Coisas que elas não querem que o pai saiba. Não importa o tema. Não importa o motivo. Eu guardo a sete chaves. Como deveríamos sempre fazer com segredos. Mas, algumas vezes, dá uma vontade louca de contar, pelo menos para o pai, para a avó, para o tio, para minha melhor amiga.

Como aconteceu semana passada, quando uma das minhas filhas (decidi contar o milagre mas não o santo) disse, pela primeira vez, que acha um amigo bonito. Mas tão bonito que fica tímida perto dele. Não sabe o que dizer. Achei tão fofo, mas tão fofo, que minha vontade foi sair contando pra todo mundo! Mas me segurei. Afinal, sempre digo pra elas que segredos são para ser guardados. Não poderia desapontá-las.

De qualquer maneira, foi demais ver minha filha, no auge da infância, despertar para um sentimento que ela, até então, não conhecia. Foi incrível participar desse momento. Foi maravilhoso sentir que ela confia em mim a ponto de se abrir. Foi uma delícia ver que ela está crescendo!!

Confesso que na hora que ela assumiu pra mim o que sentia pelo amigo eu só pensava nos próximos passos. No dia em que vai me contar que está apaixonada. Ou que está namorando. Fiquei pensando na quantidade de segredos que ainda vamos compartilhar e em como é lindo poder fazer isso com um filho.

Segredos entre mãe e filha

Pensei nas milhares de vezes que fiz isso com minha mãe. Lembrei do quanto é incrível termos uma pessoa para quem contar até os segredos que te, muitas vezes, tentamos esconder até de nós mesmas!

Depois, voltei para minha filha e pedi que ela que sempre se sinta confortável em se abrir comigo. Disse que estou aqui pra isso também. E reforcei que se tem uma pessoa com quem ela poderá se abrir, pro resto da vida, sem julgamentos, essa pessoa sou eu.

 

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*