familia facebook pixel

Regras não escritas são o mal do mundo`

Já parou pra perceber o quanto nossa vida é regida por regras não escritas? Aquelas que ninguém sabe de onde veio mas que, algum dia, alguém, em algum lugar, determinou? E que, na maioria das vezes, não tem fundamento e, simplesmente, não existem? Não entendeu? Eu explico.

Regras

Um dia uma diretora de TV com quem eu trabalhei (e com quem aprendi muito) disse que roxo era uma cor que não dava sorte, na opinião dela. Desde então NUNCA mais se usou roxo na emissora. Por que? Porque ela determinou, certo? Errado! Ela disse apenas, um dia, que roxo não era uma cor que ela gostava. Ponto final. Nunca baixou uma ordem. Nunca proibiu ninguém de vestir essa cor. Não mandou tirar do pantone nem nada parecido. Mas alguém escutou, interpretou e decidiu. Virou então uma regra não escrita. Como tantas outras.

Tem o caso do chefe que não dá entrevistas. Ninguém nem mais o aciona quando algum repórter o procura. Porque ele não fala, certo? Errado. Porque um dia, ocupado, ele disse que não falaria. Apenas isso. Resultado: virou mais uma regra não escrita que todo mundo segue sem discutir. Ninguém nem pergunta mais se ele pode falar. Já decidiu-se que ele não fala. E pronto.

Pra completar minha rápida lista aconteceu essa semana com um moço simpático chamado Filipe. Ele  foi tirar foto para habilitação. Disseram que não poderia sorrir, por se tratar de um documento. Que isso estava no código sei lá das quantas. Que era proibido etc e tal. A questão é que o cidadão se recusou a aceitar uma regra não escrita, pelo simples fato de que ela não fazia o menor sentido. Insistiu, retrucou, fez a funcionária pesquisar e descobrir que – pasme – essa regra NUNCA existiu! É mole? Resultado: abriu o sorrisão e a foto foi para CNH dele, óbvio.

O que estou querendo com esse texto é dizer que temos que parar de aceitar determinações que não façam sentido porque alguém disse que é assim e pronto. Não existe isso. Portanto, não aceite. Questione. Discuta. E se o que estiverem te fazendo acreditar não estiver escrito em algum lugar, simplesmente não acredite. E bata o pé.

Regras não escritas servem para gente que tem preguiça de pensar. E gente que tem preguiça de pensar ninguém merece.

Deixar um comentário

Seu email não será divulgado.

x

Família Muda Tudo!

Assine o Blog da Família Muda Tudo!

*