Entendedores entenderão meu orgulho

Hoje estive na classe da Maitê para assistí-la concluir um trabalho. Durante meses ela e os colegas se empenharam em fazer livros de verdade, com textos e ilustrações. Hoje era o dia de ler o livro em frente aos pais. Nem todo mundo entende o que se passa na cabeça e no coração de uma mãe num momento como esse. Mas, tenho certeza, entendedores entenderão meu orgulho!

Olhar aquela menininha lá na frente, corajosa, lendo em voz alta em frente a pelo menos 30 pessoas foi o máximo. E vê-la falando inglês com tanta desenvoltura, a realização de um sonho. Só de pensar que quatro anos atrás ela chegava aqui sem dizer nem “hi”, que muitas vezes chorava ao ser deixada na escola, que achava que nunca ía aprender…já me emociono.

Entendedores entenderão meu orgulho

Como eu sempre digo: o começo da vida em outro país não é fácil pra ninguém, muito menos para os pequenos. Claro que quanto mais novos melhor, mas Maitê veio pra Orlando com apenas 3 anos e, mesmo assim, sofreu no início. Sofreu até conseguir se comunicar. Sofreu até fazer amigos. Sofreu até entender que aqui podia ser tão legal quanto era no Brasil.

Impossível não morrer de orgulho ao olhar pra trás e lembrar de tudo que ela passou até chegar nesse dia. Ver minha pequena lá na frente, tão segura de si, tão adaptada, tão feliz encheu meu coração de alegria. De orgulho da sua vitória.

Porque foi isso que aconteceu hoje, na minha opinião. Ela venceu. Não era um teste e a leitura dela nem foi a mais firme da classe. O livro nem era o mais interessante. Os desenhos não eram os mais caprichados. Mas ele estava lá, forte, enfrentando feliz mais esse desafio.

Acho que a chave está nessa palavra que acabei de usar: feliz. Hoje, mais uma vez, me dei conta do quanto minha filha está feliz aqui. Mudar de país não foi uma decisão dela. Fez com que minha caçula se afastasse dos amigos, primos, avós, da vida com a qual estava acostumada. Mas hoje, de novo, que estou no caminho correto. Minha filha está feliz com a vida que levamos, com a escola em que estuda. E, entendedores entenderão, constatar isso não tem preço.

 

 

 

 

 

x

Newsletter Familia Muda Tudo

Cadastre-se em nossa newsletter!